Blog da Chiquérrima | Comportamento

Vale a pena investir na primeira dança do casamento?

17 de maio de 2018

Você estava doida para fazer uma bela apresentação aos seus convidados, mas seu noivo não tem tanta certeza assim e agora vocês estão em dúvida? Ou, então, vocês não sabem se os convidados ainda se encantam por esse momento e estão questionando se vale a pena investir na primeira dança de casamento?

Pois saiba que vale muito a pena sim! A primeira dança é um elemento quase tão tradicional quanto o vestido da noiva e continua sendo uma atração muito esperada pelos convidados devido à sua alta carga de emoção – afinal, muitos deles vão se lembrar das suas próprias "primeiras danças" e reviver esses momentos tão especiais.

Além disso, a dança dos noivos representa alguns dos poucos minutos que vocês poderão passar "a sós" durante a festa, rendendo lindas fotos cheias de amor e movimento para o álbum.

Porém, para que a dança realmente seja cheia de beleza e vocês se sintam confortáveis, é preciso incluí-la nos preparativos para o casamento. Veja alguns fatores que você deve observar:

Tipo de dança

Se antigamente a primeira dança do casal era sempre uma valsa, hoje não existem regras para esse momento, e a melhor dança será aquela com um ritmo que combine com o estilo do casamento e dos noivos.

Assim, se a festa for mais tradicional e vocês também seguirem essa linha (ou forem mais tímidos), a valsa continua sendo uma opção. Já se a festa for mais descontraída, vocês podem escolher uma dança divertida, com músicas que estejam em alta no momento – e a coreografia pode ser acompanhada pelos padrinhos se vocês desejarem e eles toparem o desafio.

Bebel e Caio

Como escolher a música

Depois de definido o estilo da dança, é hora de escolher qual ou quais músicas vocês vão dançar. O melhor caminho para isso é se inspirar nas canções que tenham um significado especial para os noivos.

Quando a seleção musical envolve um pot-pourri, a trilha pode ser mais divertida e organizada de forma a contar uma história. Nessa etapa, você pode contar com o auxílio de DJs especializados em casamentos, como o DJ Kaique Fernandes, da Enjoy Music, para montar uma sequência animada e coerente com o clima do momento.

15 anos Luana

A importância dos ensaios

Para os casais que desejam fazer uma primeira dança de casamento mais elaborada e cheia de movimentos diferentes, a dica é contratar uma coreógrafa profissional para ajudá-los a montar a sequência dos passos e realizar os ensaios – ainda mais quando a dança também envolve os padrinhos.

É importante lembrar que uma bela apresentação vai além da mera reprodução da coreografia, pois ela também depende da movimentação pelo salão e da postura do casal. Por isso, mesmo os noivos que optarem pela valsa devem se dedicar a essa preparação.

Em média, recomenda-se iniciar o período de ensaios cerca de um mês e meio antes do grande dia. Desse modo, mesmo os noivos mais tímidos vão conseguir se soltar e se sentir mais à vontade durante a primeira dança.

Bebel e Caio

Equipamentos de iluminação e efeitos especiais

De nada vai adiantar vocês terem se dedicado aos ensaios se ninguém estiver enxergando os rodopios pela mais pura falta de luzes adequadas, certo? Dessa forma, os preparativos para a primeira dança envolvem a contratação de uma empresa que forneça toda a tecnologia para fazer a iluminação da pista.

No momento da primeira dança, toda a atenção deve ser direcionada aos noivos, e isso é feito com um jogo de luzes adequado e com efeitos que deixam a sequência ainda mais emocionante, como a projeção do monograma do casal no chão.

A Classic Som & Imagem, por exemplo, oferece todos os equipamentos necessários para a iluminação e também conta com recursos de sonorização e efeitos especiais, como projeções e painéis de LED.

Noiva Luana

Caprichando na pista de dança

Além de ser um momento de muita emoção, a primeira dança de casamento tem a função de abrir a pista, chamando todos os convidados para curtir a noite com os noivos. E para que a primeira dança e o restante da festa sejam um sucesso, é claro que a pista merece um planejamento todo especial.

Fornecedores como a Arte Holográfica permitem que você monte uma pista de dança personalizada, seja ela com arabescos, iniciais ou padrões geométricos. Você pode escolher entre materiais como o vinil da cor que mais combina com a decoração do seu casamento, a pista holográfica (que reflete a luz e tem efeito furta-cor) ou mesmo a impressão de digital de fotos ou outras imagens.

15 anos Brenda

Assim, a pista deixa de ser apenas um espaço previamente delimitado e assume função decorativa, valorizando ainda mais a dança dos noivos e a diversão noite a dentro.

Ou seja, com os recursos certos, definitivamente vale a pena fazer a primeira dança de casamento, pois este momento de muita emoção tem um grande potencial de se transformar na melhor atração da festa! Aproveite!

Autora

Rossana Lazzarotto