Blog da Chiquérrima | Estilos de Casamento

Qual é a ordem de entrada da cerimônia de casamento?

06 de fevereiro de 2018

Casar é o sonho de muita gente. Afinal, quando amamos alguém de verdade, queremos oficializar esse relacionamento e ficar junto dessa pessoa para o resto da vida. É por isso que o dia dessa celebração é tão especial e também é por isso que queremos que tudo saia perfeito. E, claro, nossa preocupação também inclui a ordem de entrada da cerimônia de casamento. Para que você fique tranquila, vamos avisar desde o começo: não existem regras absolutas. Cada família tem uma situação diferente e aquilo que serve para um casal pode não ser a melhor opção para você e seu noivo. Por isso, saiba que você sempre pode optar por aquilo que deixa você e seus convidados especiais mais à vontade. Pensando nisso, preparamos algumas dicas sobre as possibilidades de ordem de entrada da cerimônia de casamento para que você possa se inspirar e encontrar aquela que mais se encaixa na sua situação familiar.

Primeira opção: a mais tradicional

Como dissemos antes, não existe uma regra definida, mas sim um padrão. E se você quiser mudar o padrão, tudo bem! Saiba que você tem essa possibilidade e esse direito. Contudo, se você faz a linha clássica e seu casamento vai ser nesse estilo, talvez seja mais interessante seguir a ordem de entrada mais tradicional:

  1. Noivo e mãe do noivo;
  2. Pai do noivo e mãe da noiva;
  3. Padrinhos e madrinhas;
  4. Pajens, daminhas e floristas;
  5. Noiva e pai da noiva.

Além disso, você pode seguir algumas das tradições que mantêm a elegância da cerimônia. Mães dos noivos e madrinhas, por exemplo, devem entrar sempre à esquerda dos homens, de mãos ou braços dados. Dessa forma, a noiva será a única mulher que entrará pelo lado direito – um detalhe que certamente será percebido pelos convidados mais atentos aos rituais do matrimônio. ?????????????????????????????

Segunda opção: pai e mãe do noivo, pai e mãe da noiva

Apesar de a ordem de entrada apresentada anteriormente ser a mais tradicional, isso não significa que você precise segui-la caso ela não seja interessante para você. Hoje, muitas noivas e noivos preferem que os pais de cada um entrem juntos, rendendo lindos registros desse momento que traz muitas recordações. Nesse caso, a ordem de entrada da cerimônia de casamento acontece da seguinte forma:

  1. Pais do noivo (a mãe do noivo deve voltar à entrada do local logo em seguida para acompanhá-lo);
  2. Pais da noiva (assim como a mãe do noivo, o pai da noiva deve voltar para entrar com sua filha);
  3. Padrinhos, que devem se alternar entre padrinhos do noivo e da noiva;
  4. Noivo e mãe do noivo;
  5. Pajens, damas e floristas;
  6. Noiva e pai da noiva.

É claro que esse tipo de entrada só vai funcionar se os pais dos noivos forem casados ou pelo menos tiverem uma boa convivência caso sejam divorciados. Contudo, existem os casos de pais separados que não se suportam e também os pais que já faleceram, mas saiba que é possível contornar ambas as situações de formas elegantes e delicadas.

Pais divorciados

Neste caso, se os pais ainda se falam e conseguirem chegar a um acordo que fique confortável para ambos, a entrada pode seguir conforme as duas opções apresentadas acima sem maiores problemas. Caso eles não tenham uma boa convivência, a primeira opção (quando o pai do noivo entra com a mãe da noiva) ainda dará conta do recado. Se os pais separados tiverem outros parceiros, existem duas opções: eles podem seguir um dos protocolos normalmente e ficar no altar ao lado do filho ou, então, um deles pode se sentar com o novo parceiro ou parceira no primeiro banco depois da entrada.

Pais falecidos ou relacionamento cortado

Na ausência da mãe ou do pai, seja por falecimento ou por um corte nas relações familiares, os noivos podem entrar sozinhos ou convidar uma pessoa especial para fazer o papel necessário, como madrastas ou padrastos queridos, avôs e avós, irmãos e irmãs e até primos e primas. Caso os noivos sintam que ninguém poderia substituir sua mãe ou seu pai nesse momento, eles podem sim entrar sozinhos. Também não há nada que proíba a noiva de entrar com a mãe, por exemplo, caso tenha sido criada por ela ou o pai não esteja presente por algum motivo. O mais importante é se sentir confortável com a escolha.

A entrada das alianças

Em geral, pajens, daminhas e floristas entram antes da noiva, para anunciar a sua chegada. Porém, caso os noivos desejem, uma das crianças pode entrar depois, quando o padre ou a pessoa que estiver realizando a cerimônia solicitar as alianças. ??????????????????????????????????????????????? Outra opção muito emocionante para este momento é encarregar as avós dos noivos de fazer essa tarefa, dando a elas um papel de destaque no casamento. Ainda, existem aqueles noivos que são apaixonados por seu animal de estimação e desejam que seu cachorro leve as alianças – o que costuma render muitas expressões de fofura nos convidados. Por fim, caso vocês não queiram fazer a entrada das alianças, ainda existe a opção de o noivo levá-las desde o começo da cerimônia no bolso direito do paletó. Se você ainda tiver dúvidas sobre a ordem de entrada da cerimônia de casamento, lembre-se de que este é o grande dia para você e seu noivo celebrarem o amor, portanto tudo pode ser ajustado conforme a necessidade. É claro que existem tradições, mas o mais importante é que os noivos estejam muito felizes.

Autora

Rossana Lazzarotto