Emprestado, antigo e azul

25 de fevereiro de 2016

A tradição diz que a noiva deve usar no dia do casamento um item emprestado, um antigo e um azul. Este último a Cymbeline garante. Em todos os vestidos da marca francesa de vestidos de noiva há um delicado laço azul junto à etiqueta interna.

Este foi um dos ‘segredos’ contados pela diretora da Cymbeline Paris para as Américas, Lucrece Falcoz. Ela esteve na última sexta-feira em Curitiba para um jantar organizado por Bianca Sehn Scopel, embaixadora da marca para Curitiba e Região Sul do Brasil. O jantar reuniu alguns profissionais da cidade que trabalham com casamentos de luxo.

Lucrece trabalha há 30 anos na Cymbeline, marca que está presente em 500 pontos de venda em 13 países. A confecção artesanal dos vestidos de alta costura alia design e os melhores tecidos e rendas da França. No Brasil a marca está há 15 anos e em Curitiba há um.

A diretora anunciou uma novidade para 2017. Anualmente a marca lança o lookbook com os modelos da atual coleção. A partir de 2017 a marca lançará no lookbook um capitulo intitulado "Cymbeline dans le monde" e o primeiro país a ser homenageado será o Brasil.

Nas últimas semanas ela percorreu algumas cidades brasileiras para prospectar gostos e tendências das noivas locais. Segundo contou, as brasileiras gostam de vestidos brancos ou off white bem glamurosos. “Cada país tem suas particularidades e com as noivas não é diferente. Uma noiva brasileira tem gosto muito diferente de uma sueca ou japonesa”, disse.

Durante a recepção, a modelo Maiara Pavin (Station Models), Miss Colombo 2015, desfilou o modelo Influence, da coleção 2016. Um vestido romântico, com renda francesa Dentelle de Calais, a única renda do mundo com IGP, indicação de procedência. O look recebeu cabelo e maquiagem de Cris Maciel, e acessórios da RRoyal Bride.

Outra novidade da Cymbeline, anunciada nesta segunda-feira (22), é a participação de um estilista convidado para criar cinco modelos que serão encontrados somente nas boutiques Cymbeline do Brasil. O escolhido é o estilista Lucas Anderi.

Ele criou a modelagem dos cinco modelos e enviou para a Cymbeline em Paris. Em um segundo momento a marca adicionará seu toque às modelagens e irá encaminhar para a produção que será feita pela Cymbeline, com os melhores tecidos europeus. As boutiques no Brasil em breve poderão importar estes modelos.

Para brindar o evento foi servido o espumante Vector Valentino prosecco de produção da família de Bianca em Caxias do Sul.

fotos Diego Pisante

DiegoPisante_Cymbeline-4558

DiegoPisante_Cymbeline-4564

DiegoPisante_Cymbeline-4628

DiegoPisante_Cymbeline-4707

DiegoPisante_Cymbeline-4726

DiegoPisante_Cymbeline-4598

Autora

Rossana Lazzarotto